Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8199
Título: Técnicas de aplicação e fungicidas multissítios no controle da ferrugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi)
Título(s) alternativo(s): Application techniques and multisite fungicides in the control of Asian soybean rust (Phakopsora pachyrhizi)
Autor(es): Lucion, Ricardo Antonio
Orientador(es): Benin, Giovani
Palavras-chave: Pragas agrícolas
Fungicidas
Plantas - Efeito dos fungicidas
Soja - Doenças e pragas
Agricultural pests
Fungicides
Plants - Effect of fungicides on
Soybean - Disease and pests
Data do documento: 22-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: LUCION, Ricardo Antonio. Técnicas de aplicação e fungicidas multissítios no controle da ferrugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi). 2017. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: A soja tem grande participação no agronegócio brasileiro, sendo o complexo soja o primeiro no ranking das exportações, com movimentação de US$ 27,9 bilhões. Apesar desta importância no contexto nacional, a ferrugem asiática, causada por Phakopsora pachyrhizi Sydow, tem causado perdas elevadas de produtividade quando associado ao manejo inadequado. Nesse sentido, foi realizado um experimento a campo no município de Chopinzinho-PR, com o intuito de avaliar a eficiência do uso dos fungicidas multissítios, mancozeb, clorotalonil e oxicloreto de cobre, no controle da ferrugem asiática da soja, quando associados com fungicidas sistêmicos, combinados à diferentes técnicas de aplicação. Foi utilizada a cultivar 6160RSF IPRO com densidade de semeadura de 300.000 sementes ha-1, cultivada em parcelas de 84 m2. Os tratamentos consistiram em aplicações sequenciais de fungicidas sistêmicos (padrão) associados aos fungicidas multissítios, nos estádios R1, R3, R5.1 e R5.4. Os ingredientes ativos dos fungicidas sistêmicos utilizados no estádio R1 foram trifloxistrobina e protioconazol (Fox®) nas doses de 70,0 e 60,0 g i. a. ha-1, respectivamente; em R3 utilizou-se azoxistrobina e benzovindiflupir (Elatus®), nas doses 60 e 30 g i. a. ha-1, respectivamente; e nos estádios R5.1 e R5.4, os ingredientes ativos utilizados foram a piraclostrobina e metconazol (Opera Ultra®) nas doses 65 e 40 g i. a. ha-1, respectivamente. Os fungicidas multissítios associados aos sistêmicos foram: mancozeb (Unizeb Gold®) na dose de 1500 g i. a. ha-1, clorotalonil (Bravonil Ultrex®) na dose 700 g i. a. ha-1 e oxicloreto de cobre (CopSuper®) na dose de 588 g i. a. ha-1. Para a pulverização dos fungicidas, foram utilizadas três técnicas de aplicação: auxílio de cortina de ar a 20 km h-1, auxílio de cortina de correntes na barra de pulverização, e convencional (sem nenhum auxílio na barra). Foi avaliada a severidade da ferrugem asiática e do complexo de doenças, elaborando-se a área abaixo da curva de progresso da doença (AACPD) e a eficiência do controle para ambas. Os componentes de rendimento avaliados foram: altura de inserção da primeira vagem, altura de planta, número de vagens por planta, número de grãos por planta, massa de mil grãos e produtividade em kg ha-1. Os dados foram submetidos a análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey (p = 0,05). Os fungicidas multissítios melhoraram a eficiência dos fungicidas sistêmicos, proporcionando melhor controle para o complexo de doenças, reduzindo a AACPD em 18,9%. Não se obteve diferenças significativas para as diferentes técnicas de aplicação testados. O mancozeb foi o fungicida multissítio que obteve os melhores resultados nas variáveis analisadas, e a associação deste fungicida proporcionou o incremento de 8,6% na produtividade de grãos.
Abstract: Soybeans have a large share of Brazilian agribusiness, with soybean being the first in the export ranking, with a turnover of US $ 27.9 billion. Despite this importance in the national context, Asian rust, caused by Phakopsora pachyrhizi Sydow, has caused high productivity losses when associated with inadequate management. In this sense, a field experiment was carried out in the municipality of Chopinzinho-PR, in order to test the efficiency of the use of multisite fungicides, mancozeb, chlorothalonil and copper oxychloride, in the control of Asian soybean rust, when associated with systemic fungicide Combined with different application techniques. The cultivar 6160RSF IPRO was used with sowing density of 300,000 ha-1 seeds, grown in plots of 84 m2. The treatments consisted of sequential applications of systemic fungicides (standard) associated with multisite fungicides, in stages R1, R3, R5.1 and R5.4. The active principles of the systemic fungicides used in the R1 stage were trifloxystrobin and prothioconazole (Fox®) at doses of 70.0 and 60.0 g i.a. ha-1, respectively; In R3 azoxystrobin and benzovindiflupir (Elatus®) were used at doses 60 and 30 g i.a. ha-1, respectively; And in stages R5.1 and R5.4, the active ingredients used were pyraclostrobin and metconazole (Opera Ultra®) at doses 65 and 40 g. i.a. ha-1, respectively. The multisite fungicides associated with the systemic ones were: mancozeb (Unizeb Gold®) at the dose of 1500 g i.a. ha-1, chlorothalonil (Bravonil Ultrex®) at dose 700 g i.a. ha-1 and copper oxychloride (CopSuper®) at a dose of 588 g. i.a. ha-1. For the spraying of the fungicides, three application techniques were used: air curtain aid at 20 km h-1, spray curtain curtain aid, and conventional (without any help at the bar). The severity of Asian rust and the disease complex was evaluated by constructing the area below the disease progress curve (AACPD) and the control efficiency for both. The yield components evaluated were: height of insertion of the first pod, plant height, number of pods per plant, number of grains per plant, mass of one thousand grains and productivity in kg ha-1. The data were submitted to analysis of variance and the means were compared by the Tukey test (p= 0.05). The multisite fungicides improved the efficiency of the systemic fungicides, providing better control for the complex of spots, reducing the AACPD in 18.9%. No significant differences were found for the different modes of application tested. Mancozeb was the multisite fungicide that obtained the best result in all analyzed variables, the association of the fungicide provided an increase of 8.6% in productivity.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8199
Aparece nas coleções:PB - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COAGR_2017_1_12.pdf
  Disponível a partir de 5000-01-01
936,45 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir Solicitar uma cópia


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.