Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8209
Título: Caracterização mecânica do compósito Al - Fe2Al5 sinterizado
Autor(es): Favretto, Guilherme Burato
Orientador(es): Setti, Dalmarino
Palavras-chave: Metalurgia do pó
Sinterização
Compostos intermetálicos
Metais - Propriedades mecânicas
Powder metallurgy
Sintering
Intermetallic compounds
Metals - Mechanical properties
Data do documento: 9-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: FAVRETTO, Guilherme Burato. Caracterização mecânica do compósito Al - Fe2Al5 sinterizado. 2017. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: A pesquisa por novos materiais é incessante, buscando sempre desenvolver materiais que supram as necessidades de propriedades mecânicas, custo ou disponibilidade para cada projeto. Este trabalho apresentou como objetivo caracterizar as fases, microestrutura e propriedades mecânicas do compósito de Al com o intermetálico Fe2Al5 obtido por sinterização. O intermetálico Fe2Al5 foi produzido de acordo com rota previamente estabelecida em outros trabalhos. A partir da mistura de Al com 20% de Fe2Al5 foram fabricados corpos de prova que foram sinterizados em atmosfera de N2 (99,999% de pureza) na temperatura de 660 ºC por um tempo de 60 minutos. Os ensaios de caracterização foram massa específica (método de Arquimedes), ensaio de tração para a medição de alongamento e tensão de ruptura, ensaio de microdureza, metalografia e difratometria de raios-x para definição das fases presentes no compósito. Foram obtidos então dados que mostram um aumento na densidade e dureza do material, e fragilização se comparados ao alumínio puro. O compósito apresentou uma microdureza de 46,73 HV, e uma densidade de 2,75 g/cm³, maiores que os 40,67 HV e 2,5 g/cm² do alumínio puro. Houve também uma fragilização do material, que apresentou alongamento nulo e tensão de resistência a tração de aproximadamente 22,15 MPa, em comparação à um alongamento de 10,82% e tensão de resistência a tração de 64,16 MPa do metal base. Os corpos de prova também apresentaram uma fase de Fe4Al13 após a sinterização, que foi mostrada através do DRX.
Abstract: The research for new materials is extremely important, looking forward development of material that can supply the needs of mechanical properties, cost and availability for each project. The objective of this research was to characterize the phases, the microstructure and the mechanical properties of the intermetallic composite Al – Fe2Al5 sintered. The test bodies were manufactured using as guide others research’s in the field. Using a mix of 20% of Fe2Al5 powder, the test bodies were sintered in a controlled atmosphere of N2 (99,999% pure) in a temperature of 660 ºC for 60 minutes. Then, mechanical tests were performed; Arquimedes, traction, microhardnes, metallography and DRX tests. It was observed the characteristics of the material data, as well the formation of another aluminum and iron intermetallic. Data were then obtained showing an increase in density and hardness of the material, and embrittlement compared to pure aluminum. The composite had a microhardness of 46.73 HV and a density of 2.75 g / cm³, greater than 40.67 HV and 2.5 g / cm² of pure aluminum. There was also a weakening of the material, which showed null elongation and tensile strength of approximately 22.15 MPa, compared to a 10.82% elongation and tensile strength of 64.16 MPa of the base metal. The specimens also showed a Fe4Al13 phase after sintering, which was shown by DRX.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8209
Aparece nas coleções:PB - Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_DAMEC_2017_1_07.pdf1,16 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.