Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8254
Título: Ocorrência de dor em trabalhadores da indústria metalúrgica e sua relação com o trabalho
Título(s) alternativo(s): Occurrence of pain in metallurgic industry workers its relation with work
Autor(es): Torres, Flavia
Orientador(es): Xavier, Antonio Augusto de Paula
Palavras-chave: Dor - Medição
Metalúrgicos
Lesões por esforços repetitivos
Pain - Measurement
Metal-workers
Overuse injuries
Data do documento: 15-Dez-2012
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: TORRES, Flavia. Ocorrência de dor em trabalhadores da indústria metalúrgica e sua relação com o trabalho. 2012. 50 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2012.
Resumo: O presente estudo consiste em uma pesquisa descritiva quantitativa de corte transversal cujo objetivo foi o de verificar qual a ocorrência de dor/desconforto em indivíduos de uma indústria metalúrgica na cidade de Ponta Grossa - PR. A coleta dos dados foi realizada por meio da aplicação de cinco instrumentos: o primeiro composto por questões individuais; o segundo refere-se ao Questionários Nórdico de Sintomas Osteomusculares adaptado; o terceiro ao Questionário McGill de dor; o quarto à Escala Analógica Visual de dor; e o quinto ao Questionário de Incapacidade de Roland Morris. Estes instrumentos tiveram como objetivos, além da caracterização da amostra, por idade, sexo, tempo de trabalho, entre outros, o de identificar e caracterizar os sintomas osteomusculares relativos à dor, bem como as regiões corporais mais acometidas e relacioná-las com as funções de trabalho desempenhadas. A amostra foi composta pela totalidade dos funcionários do setor de pintura da empresa (90 funcionários), onde 98% eram do sexo masculino e 2% do sexo feminino. A média de idade foi de 31 anos. Os resultados indicaram que a região com maior ocorrência de dor/desconforto, conforme relato dos trabalhadores, foi a região lombar para as funções de Pintor, Operador industrial, líder Industrial e Auxiliar de Produção; a região do tornozelo e pé foi a região de maior ocorrência para as funções de Conferente e Operador de Empilhadeira; a região de punho mãos e dedos foi a região que mais apareceu para as funções de Operador de ETE e operador de Empilhadeira (duas regiões com o mesmo número de ocorrências); e a região da cintura e coxa foi a região com mais relatos de dor/desconforto para a função de Especialista em carregamento de pintura. Sendo assim, conclui-se que os sintomas osteomusculares relacionados à dor nas funções analisadas estão presentes no dia-a-dia dos indivíduos pesquisados causando dor e desconforto, podendo inclusive evoluir para LER/DORTs. Identifica-se a necessidade de promover orientações, análises ergonômicas e ações preventivas visando a maneira mais adequada para o trabalhador desenvolver suas atividades, visando eliminar ou minimizar a incidência de distúrbios osteomusculares.
Abstract: This research consists of a quantitative descriptive study whose objective was to verify the occurrence of pain/discomfort in individuals in a metallurgic industry in Ponta Grossa - PR. The data collection was carried out through five instruments: the first composed by individual questions, the second regarded the Nordic Musculoeskeletal Questionnaire, the third was McGill Questionnaire, the fourth was the Roland Morris Disability Questionnaire, and de fifth, Visual Analogue Scale of Pain. The instruments aimed to identify and characterize muskuloeskeltal symptoms related to pain, as well as the most affected body regions and relate them to work functions, also characterize age, sex, years in the activity among others. The sample comprised the totality of workers in the painting section of the company (90 employees), from who 98% were male and 2% female. The average age was 31 years old. Results revealed that the region with the highest occurrence of pain/discomfort, according to workers accounts, was the lumbar region for workers in the painting, industrial operator, industrial manager and production assistant functions. The ankle and feet regions were most affected in workers developing functions of tally clerk and forklift operator; the wrist hand, hands and fingers were the biggest problem for the effluent and forklift operators. Waist and thigh were the most reported regions by workers in transportation activities. No frequent pain/discomfort was reported by Industrial Supervisors or Chemistry Technicians. Thus, it was concluded that musculoeskeletal symptoms related to pain in the functions analyzed are part of the routine of the workers interviewed causing pain/discomfort, even evolving into RSI/WRMSD. The need to promote instruction, ergonomic analyses and preventive actions aiming at the best way the workers can develop their activities in order to eliminate or minimize the incidence of RSI/WRMSD was identified.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8254
Aparece nas coleções:PG - Gestão Industrial: Produção e Manutenção

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_CEGI-PM_VIII_2012_06.pdf732,71 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.