Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8396
Título: Obtenção de compósitos poliméricos com fibras naturais de bagaço de malte
Título(s) alternativo(s): Obtaining polymer composites with natural malt bagasse fibers
Autor(es): Florindo, Débora Nathália Fernandes
Orientador(es): Martins, Juliana de Paula
Palavras-chave: Malte
Fibras
Polipropileno
Compostos poliméricos
Malt
Fibers
Polypropylene
Polymeric composites
Data do documento: 1-Nov-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: FLORINDO, Débora Nathália Fernandes. Obtenção de compósitos poliméricos com fibras naturais de bagaço de malte. 2017. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Engenharia Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2017.
Resumo: O desenvolvimento de materiais obtidos de fontes renováveis tem sido fonte de pesquisa que visa suprir uma necessidade de redução dos problemas ambientais ao redor do mundo, causado principalmente pela utilização e descarte de matérias primas de fontes não renováveis. O uso do petróleo, através do craqueamento da nafta para a produção de polímeros vem gerando um grande impacto ambiental, além de seu alto custo. A incorporação de fibras naturais em polímeros vem apresentando potencial de aplicação em diversas áreas industriais, principalmente devido a seu baixo custo e suas propriedades mecânicas e térmicas. Desta maneira, desenvolveu-se a possibilidade de desenvolvimento de compósitos poliméricos com incorporação do resíduo bagaço de malte, um resíduo da indústria cervejeira, com grande potencial lignocelulósico e de baixo valor agregado. As fibras de bagaço de malte foram secas, moidas e peneiradas, a fim de se tornarem homogêneas, e então foram produzidos os corpos de prova com proporções de 5 e 15% de bagaço para análise mecânica. Foram realizados ensaios de tração e flexão, onde foram observados uma diminuição das propriedades mecânicas analisadas conforme o aumento da proporção de fibra, o que é contrário a estudos utilizando este tipo de fibra. Tal resultado pode ser justificado pela não realização de algum tratamento químico prévio na fibra ou não uso de algum agente compatibilizante, e também pela possível variação da concentração celulose e lignina na fibra. Assim sendo, as fibras de bagaço de malte não funcionam como reforço da matriz termoplástica, porém podem ser aplicada em materiais que visam apenas a diminuição do consumo da resina.
Abstract: The development of materials obtained from renewable sources has been a source of research aimed at meeting a need to reduce environmental problems around the world, mainly caused by the use and disposal of raw materials from non-renewable sources. The use of petroleum, through the cracking of the naphtha for the production of polymers has been generating a great environmental impact, besides its high cost. The incorporation of natural fibers into polymers has shown potential application in several industrial areas, mainly due to its low cost and its mechanical and thermal properties. In this way, the possibility of developing polymer composites with the incorporation of the residue malt bagasse, a residue of the brewing industry, with high lignocellulosic potential and low value added was developed. The malt bagasse fibers were dried, milled and sieved in order to become homogeneous, and then the specimens were prepared with ratios of 5 and 15% bagasse for mechanical analysis. Tensile and bending tests were performed, where a decrease in the mechanical properties was observed as the fiber ratio increased, which is contrary to studies using this type of fiber. This result can be justified by the non-performance of some previous chemical treatment in the fiber or non-use of some compatibilizing agent, and also by the possible variation of the cellulose and lignin concentration in the fiber. Thus, malt bag fibers do not function as a thermoplastic matrix reinforcement, but can be applied in materials that aim only to decrease resin consumption.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8396
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2017_2_11.pdf1,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.