Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8503
Título: Quantificação de protozoários ciliados em borregos alimentados com níveis de inclusão de triguilho
Título(s) alternativo(s): Quantification of protozoa ciliate in lambs fed with levels of inclusion of hawthorn
Autor(es): Hasse, Marianne Cristina Gonçalves
Orientador(es): Maeda, Emilyn Midori
Palavras-chave: Ovinos
Protozoologia veterinária
Microbiologia veterinária
Sheep
Veterinary protozoology
Veterinary microbiology
Data do documento: 21-Nov-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: HASSE, Marianne C. G. Quantificação de protozoários ciliados em borregos alimentados com níveis de inclusão de triguilho. 2017. 27 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2017
Resumo: A inclusão de triguilho em dietas de animais pode mostrar-se compensatória em relação aos menores custos que apresenta, entretanto devemos avaliar se este não altera a microbiota ruminal, por consequência o desempenho do animal. Salienta-se que os protozoários são de suma importância na degradação da fibra e amido, por isso necessita de avaliação quando usa-se alimentos alternativos. O objetivo deste trabalho foi quantificar os protozoários ciliados em borregos alimentados com níveis de inclusão de triguilho. O experimento aconteceu na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos, na UNEPE de metabolismo animal, no período de junho a agosto de 2017. Foram utilizados quatro ovinos machos, castrados e fistulados no rúmen com peso vivo médio de 40 kg. Estes animais eram mantidos em gaiolas metabólicas com bebedouros e comedouros individuais, alimentados com 40% de feno de Azevém e 60% de concentrado. As dietas fornecidas eram isoenergéticas e isoproteicas com 12,5% de Proteína Bruta e 68% de Nutrientes Digestíveis Totais. O delineamento experimental foi quadrado Latino (4x4), compostos por quatro níveis de inclusão: 0, 19, 38 e 57 % de triguilho na matéria seca da ração total em substituição ao milho. O período experimental totalizou 80 dias, com 15 dias de adaptação, 5 dias de coleta dos alimentos e fezes e 1 dia de coleta do líquido ruminal. As amostras ficaram armazenadas em frascos plásticos com 20 ml de líquido ruminal não filtrado e fixadas em 20 ml de formalina 18,5%, posteriormente colocouse 1mL de liquido ruminal e 9mL de glicerina à 30% e depois aplicadas solução de lugol (100 mL de água destilada, cinco gramas de iodo e dez gramas de iodeto de potássio). Foram consideradas as médias das contagens feitas em 100 campos independentes, realizadas em duplicata e analisadas em microscópio com aumento de 10x. O valor médio da contagem nos campos foi multiplicado pelo fator de correção de 1.600. Submeteu-se os dados à análise, por meio da metodologia de Modelos Lineares, generalizados, assumindo distribuição Poisson com função de ligação logarítmica, com nível de significância 1%, utilizou-se o procedimento GENMOD do pacote estatístico SAS. O uso de triguilho em substituição ao milho nos diferentes níveis de inclusão, não influenciou a população de protozoários ciliados no rúmen.
Abstract: The inclusion of wheatgrass in animal diets may be compensatory in relation to the lower costs that it presents, however we must evaluate if this does not alter the ruminal microbiota, consequently the performance of the animal. It should be noted that protozoa are of paramount importance in the degradation of fiber and starch, so it requires evaluation when using alternative feed. The aim was to quantify the ciliate protozoa in lambs fed levels of inclusion of hairspray. The assay was carried out at the Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos, at the UNEPE of animal metabolism, from June to August 2017. Four male sheep were castrated and fistulated in the rumen with a mean live weight of 40 kg. These animals were kept in metabolic cages with individual drinking fountains and feeders, fed with 40% Azevém hay and 60% concentrate. The diets supplied were isoenergetic and isoprotein with 12.5% crude protein and 68% total digestible nutrients. The experimental design was a Latin square (4x4), composed of four inclusion levels: 0, 19, 38 and 57% of wheat in the dry matter of the total ration instead of maize. The experimental period has 80 days, with 15 days for adaptation, 5 days of feed and feces collection and 1 day of ruminal fluid collection. For the gothering was done samples the animals cannule bere opened and the removal will be done. The samples will be stored in plastic bottles with 20 ml of unfiltered rumen liquid and fixed in 20 ml of 18.5% formalin, then 1 ml of rumen liquid and 9 ml of 30% glycerine were added and then lugol solution (100 ml) mL of distilled water, five grams of iodine and ten grams of potassium iodide). The counting averages were taken in 100 independent fields, performed in duplicate and analyzed under a 10x magnification microscope. The mean value of the count in the fields was multiplied by the correction factor of 1,600. Data were submitted to the analysis, using the Linear Models model, generalized, assuming Poisson distribution with logarithmic link function, with a significance level of 1%, using the procedure GENMOD of the statistical package SAS. The use of wheat in substitution of maize at different inclusion levels did not influence the population of ciliate protozoa in rumen.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8503
Aparece nas coleções:DV - Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COZOO_2017_2_15.pdf724,92 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.