Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8593
Título: O mar mítico e sonante de Caymmi
Título(s) alternativo(s): Caymmi's mythical and musical sea
Autor(es): Vargas, Nathalia Ferrarini
Orientador(es): Lima, Marcos Hidemi de
Palavras-chave: Poesia lírica
Música - Análise, apreciação
Literatura - Análise
Lyric poetry
Music appreciation
Literature - Analysis
Data do documento: 27-Jun-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: VARGAS, Nathalia Ferrarini. O mar mítico e sonante de Caymmi. 2017. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: No que tange às discussões que envolvem literatura e canção, este trabalho tem como objetivo analisar as canções "O mar" (1959) e “Sargaço Mar” (1985), produzidas no contexto das canções praieiras, ou canções do mar, uma das principais vertentes do cantor e compositor baiano Dorival Caymmi. Para a realização desse trabalho, empregaram-se alguns recursos de análise literária e, sobretudo, elementos ligados à música, com o objetivo de respeitar o elo entre letra e melodia, atendendo às diferenças entre poesia e canção. Nesse sentido, em consonância com a análise literária, é de grande importância verificar de que forma alguns elementos inerentes à área musical podem contribuir para acentuar ainda mais os elementos líricos expressos nas letras da canção aqui estudadas. A principal base teórica empregada está relacionada a alguns conceitos propostos por Luiz Tatit, dentro da Semiótica da Canção, como passionalização, figurativização e tematização, e do método hermenêutico-semiológico proposto por Phillip Tagg, tais como aspecto de tempo e aspectos dinâmicos, que serão tomados em consideração para que se leve em conta a canção como unidade. Na canção “O mar”, busca-se identificar como Caymmi concebe e constrói a figura do mar, bem como de que maneira ele retratou a gente praiana. Em “Sargaço Mar”, a investigação detém-se no estabelecimento da relação entre o mar e a divindade Iemanjá, sua importância na cultura da gente praiana, além da representação que Caymmi criou da figura do pescador. Em ambas as canções foi possível verificar um movimento cíclico, tanto na fração linguística quanto na musical. Na primeira canção, o movimento circular foi associado à figura do mar, enquanto que na segunda canção, na relação entre a cultura dos pescadores e a figura de Iemanjá.
Abstract: Regarding to the discussions that surround literature and music, this work aims to analyze the songs "O Mar" and "Sargaço Mar", produced in the context of the socalled canções praieiras, or songs of the sea, one of the main works of the singer and composer from Bahia, Dorival Caymmi. For the accomplishment of this work, some resources of literary analysis and, above all, elements related to the music were used, with the objective of respect the link between lyrics and melody, taking into account the differences between poetry and music. Thus, in consonance with the literary analysis, it is of great importance to verify how some elements inherent to the musical area can contribute to accentuate even more the lyrical elements expressed in the lyrics of the song studied in this work. The theoretical main base used is related to some concepts proposed by Luiz Tatit in the area of Semiótica da Canção, such as passionalization, figurativization and thematization, and the hermeneuticsemiological method proposed by Phillip Tagg, such as aspect of time and dynamic aspects will be taken into account to consider the song as a unit.In the song "O Mar", it will be identified how Caymmi conceives and constructs the figure of the sea, as well as how he portrayed those who live by the sea. In "Sargaço Mar", the investigation focuses on establishing the relation between the sea and the Goddes Iemanjá, her importance in the culture of the people who live by the sea, as well as the representation that Caymmi created of the figure of the fisherman. In both songs it was possible to verify a cyclical movement, both in the linguistic and musical parts. In the first song, the circular movement was associated with the figure of the sea, while in the second song, it was associatedin to the relation between the culture of the fishermen and the figure of Iemanjá.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8593
Aparece nas coleções:PB - Licenciatura em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_COLET_2017_1_10.pdf1,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.