Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8693
Título: Aspectos ergonômicos na utilização do quadro negro para os docentes da UTFPR
Título(s) alternativo(s): Ergonomic aspects in the use of blackboard for UTFPR teachers
Autor(es): Bravo, Gabriela Batista Gomes
Orientador(es): Peres, Fabiano Moreno
Palavras-chave: Ergonomia
Quadros-negros
Professores universitários
Human engineering
Blackboards
College teachers
Data do documento: 5-Jul-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Londrina
Referência: BRAVO, Gabriela Batista Gomes. Aspectos ergonômicos na utilização do quadro negro para os docentes da UTFPR. 2017. 49 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2017.
Resumo: O trabalho dos professores auxilia no desenvolvimento econômico de um país por difundir conhecimentos, mas podem ser realizados em condições desfavoráveis. As atividades realizadas por eles são seções prolongadas na mesma posição, tanto em pé quanto sentado, preparo de aulas, uso de computadores e também posturas inadequadas na utilização do quadro negro. Esses fatores podem acarretar ao desenvolvimento de dores musculoesqueléticas devido ao desconforto ao exercer o trabalho. A saúde exerce o maior impacto sobre a capacidade do trabalho. A norma regulamentadora 17 estabelece os parâmetros para a adaptação das condições de trabalho, tendo em vista as características psicofisiológicas dos trabalhadores, propondo o máximo conforto, segurança e desempenho eficiente para o trabalhador. Portanto, a sala de aula como um ambiente de trabalho deverá estar ergonomicamente correta para proporcionar esse conforto para o trabalho dos professores. Esse trabalho tem como objetivo verificar o ajustamento do quadro negro para a utilização dos professores de maneira confortável na Universidade Tecnológica Federal do Paraná, no câmpus Londrina. Os métodos utilizados foram o método do usuário limite, o teste da adaptação e o método dos limites. Através dessas metodologias pode-se perceber que a altura dos olhos é um fator determinante para avaliar a altura ideal para a utilização do quadro negro. Para o método dos usuários limite, realizado entre dois professores considerados o mais baixo e o mais alto, foi possível observar que eles utilizam áreas diferentes do quadro, uma porcentagem de 24% do quadro, de maneira ergonomicamente correta. Em todos os métodos avaliados foi possível observar que a utilização confortável do quadro negro restringe-se a uma faixa horizontal estreita e não em sua totalidade, portanto necessita-se de tecnologias mais avançadas que possibilitem o ajustamento da altura do quadro na zona confortável para cada professor, de maneira ergonômica e sem oferecer riscos à saúde dos professores.
Abstract: The work of teachers assists in the economic development of a country by disseminating knowledge, but can be carried out under unfavorable conditions. As activities performed as far as they are, both standing and sitting, preparation of classes, use of computers and inadequate posts in the use of blackboard. These factors can lead to the development of musculoskeletal pain due to the discomfort of exercising work. Health has the greatest impact on work capacity. The regulatory norm 17 establishes the parameters for the adaptation of working conditions, considering the psychophysiological characteristics of the workers, proposing the maximum comfort, safety and efficient performance for the worker. Therefore, the classroom as a work environment should be ergonomically correct to provide this comfort to the teachers' work. This work aims to verify the adjustment of the blackboard for the use of teachers in a comfortable way at the Federal Technological University of Parana, in the Londrina campus. The methods used were the limit user method, the adaptation test and the boundary method. Through these methodologies the height of the eyes is a determining factor to evaluate the ideal height for the use of the blackboard. For the user limit method, performed between two teachers considered the lowest and the highest, it was possible to observe that they use different areas of the frame, a percentage of 24% of the frame, in an ergonomically correct way. In all the methods evaluated, it was possible to observe that the comfortable use of the blackboard is restricted to a narrow horizontal range and not in its totality, therefore more advanced technologies are needed that allow the height adjustment of the frame in the comfortable zone for each Teacher, in an ergonomic way and without offering health risks to teachers.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8693
Aparece nas coleções:LD - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_CEEST_V_2018_06.pdf1,35 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.