Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8694
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.creatorKlein, Ana Luíza Ribas Leite-
dc.date.accessioned2018-05-18T12:23:42Z-
dc.date.available2018-05-18T12:23:42Z-
dc.date.issued2017-03-31-
dc.identifier.citationKLEIN, Ana Luíza Ribas Leite. Perfil das condições de trabalho de profissionais de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva em um hospital privado. 2017. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Londrina, 2017.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8694-
dc.description.abstractThe work of nursing professionals is characterized by situations that cause health risks to the worker. This study aimed to verify the working conditions of nursing professionals of an Intensive Care Unit in a private hospital in the north of Paraná, through questionnaires, applied to nursing professionals and the nursing manager, collecting socioeconomic information, information about work activity and job position. It was identified that the majority of workers are overweight, have back pain, consider excessive and significant the amount of effort during the work day, does not practice labor workout properly and that half of the interviewees claim not to receive any kind of guidance or training when they started their activities inside the hospital. The work situation of nursing professionals is also considered to generate great stress and high psychological burden.pt_BR
dc.languageporpt_BR
dc.publisherUniversidade Tecnológica Federal do Paranápt_BR
dc.rightsopenAccesspt_BR
dc.subjectErgonomiapt_BR
dc.subjectDoenças profissionaispt_BR
dc.subjectEnfermagempt_BR
dc.subjectUnidade de tratamento intensivopt_BR
dc.subjectHuman engineeringpt_BR
dc.subjectOccupational diseasespt_BR
dc.subjectNursingpt_BR
dc.subjectIntensive care unitspt_BR
dc.titlePerfil das condições de trabalho de profissionais de enfermagem de uma unidade de terapia intensiva em um hospital privadopt_BR
dc.title.alternativeProfile of the nursing work conditions of an intensive care unit in a private hospitalpt_BR
dc.typespecializationThesispt_BR
dc.description.resumoO trabalho de profissionais de enfermagem é caracterizado por diversas circunstancias causadoras de riscos à saúde do trabalhador. Esse estudo teve como objetivo verificar as condições de trabalho de profissionais de enfermagem de uma Unidade de Terapia Intensiva em um hospital privado no norte do Paraná, através de questionários, aplicados aos profissionais de enfermagem e ao supervisor de enfermagem, coletando informações socioeconômicas, informações sobre a atividade do trabalho e posto de trabalho. Foi identificado que a maioria dos trabalhadores está com sobrepeso, sente dores nas costas, considera excessiva e significativa a quantidade de esforço realizado durante a jornada de trabalho, não pratica ginástica laboral adequadamente e que metade dos entrevistados alegou, através dos questionários, não ter recebido nenhum tipo de orientação ou treinamento quando iniciaram suas atividades dentro do hospital. A situação de trabalho dos profissionais de enfermagem também é considerada geradora de grande stress e alta carga psicológica.pt_BR
dc.degree.localLondrinapt_BR
dc.publisher.localLondrinapt_BR
dc.contributor.advisor1Dalto, José Luis-
dc.contributor.referee1Dalto, José Luis-
dc.contributor.referee2Ferreira, Fábio Cezar-
dc.contributor.referee3Ferreira, Marco Antonio-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.publisher.programEngenharia de Segurança do Trabalhopt_BR
dc.publisher.initialsUTFPRpt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAO::GERENCIA DE PRODUCAO::HIGIENE E SEGURANCA DO TRABALHOpt_BR
Aparece nas coleções:LD - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LD_CEEST_V_2018_01.pdf1,15 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.