Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8820
Título: Avaliação do tratamento, por processo foto fenton, de um efluente de equipamento laboratorial automatizado
Título(s) alternativo(s): Evaluation of the treatment, by photo fenton process, of an effluent of automated laboratory equipament
Autor(es): Sá, Roberson Davis
Orientador(es): Liz, Marcus Vinicius de
Palavras-chave: Lixo - Eliminação
Hospitais - Eliminação de resíduos
Resíduos de serviços de saúde
Refuse and refuse disposal
Hospitals - Waste disposal
Medical wastes
Data do documento: 12-Dez-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SÁ, Roberson Davis. Avaliação do tratamento, por processo foto fenton, de um efluente de equipamento laboratorial automatizado. 2017. 89 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Tecnologia em Processos Ambientais) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2017.
Resumo: Dentre os efluentes, existem aqueles com características especiais, os quais necessitam de tratamento diferenciado, ou pré-tratamento, para então serem dispostos no ambiente ou rede de esgoto. Grande parte dos municípios brasileiros não possuem qualquer tipo de rede coletora de esgotos ou tratamento de efluentes e, os que possuem, contam com tecnologia ineficiente na remoção de altas cargas orgânicas, micro poluentes, compostos tóxicos e substâncias recalcitrantes. De acordo com a Resolução CONAMA 430/11, os resíduos hospitalares podem ser lançados na rede de coleta de esgoto, desde que atendam aos parâmetros da NBR 9800/87. No entanto, esta resolução não estabelece valores-limite para a caracterização físico-química do lixo hospitalar. O CONAMA também estabelece no artigo 23, seção III, que esses resíduos podem ser avaliados quanto à sua toxicidade. Os efluentes gerados nos estabelecimentos de apoio a saúde possuem características especiais que os tornam únicos em sua composição. Neste trabalho foi realizado o monitoramento físico-químico do efluente liquido gerado em um equipamento automatizado de análises laboratoriais de um estabelecimento de apoio à saúde de grande porte. Análises antes e após tratamento por foto-Fenton usando radiação UVA demonstram que o processo é um promissor meio de tratamento de efluentes gerados por esses equipamentos. Dois testes foram realizados, o primeiro, processo abrandado, utilizando uma lâmpada de alta pressão de vapor de mercúrio suspensa acima do efluente, simulando a incidência de energia solar sob o efluente, e o segundo método, utilizando a mesma lâmpada mergulhada nas amostras. O sistema mergulhado alcançou valores de redução da DQO da ordem de 79% após 3 horas de tratamento. Os resultados de COT também confirmam alta capacidade de mineralização do processo, da ordem de 90%. Os compostos fenólicos foram reduzidos em 94%. Ainda, testes de fitotoxicidade do efluente foram realizados e os resultados apontaram uma redução significativa, demonstrando que mais estudos relacionados a otimização das condições de tratamento devem ser realizados visando obter maiores reduções e menor impacto ambiental para o descarte desse tipo de efluente.
Abstract: Among the effluents, with the special characteristics, which need different treatment, or pre-treatment, are then disposed in the sewage system or network. Most of the Brazilian municipalities that do not have any kind of sewage collection or effluent treatment, which have inefficient technology in the removal of high organic loads, micro pollutants, toxic compounds and recalcitrant substances. According to CONAMA Resolution 430/11, hospital waste can be discharged into the sewage collection network, provided that it meets the parameters of NBR 9800/87. However, this resolution does not establish limit values for the physico-chemical characterization of hospital waste. CONAMA also establishes in article 23, section III, that these residues can be evaluated for their toxicity. The effluents generated in health care establishments have special characteristics that make them unique in their composition. In this work the physical-chemical monitoring of the liquid effluent generated in an automated laboratory analysis equipment of a large health support establishment was carried out. Analyzes before and after photo-Fenton treatment using UVA radiation demonstrate that the process is a promising means of treating effluents generated by such equipment. Two tests were carried out, the first, a slowed process, using a high pressure mercury vapor lamp suspended above the effluent, simulating the incidence of solar energy under the effluent, and the second method, called the intense process, using the same dipped lamp in the samples. The immersed system reached COD reduction values of the order of 79% after 3 hours of treatment. The results of COT also confirm high process mineralization capacity, of the order of 90%. The phenolic compounds were reduced by 94%. Furthermore, effluent phytotoxicity tests were performed and the results indicated a significant reduction, demonstrating that more studies related to the optimization of the treatment conditions should be carried out in order to obtain greater reductions and less environmental impact for the disposal of this type of effluent.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8820
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Processos Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COAMB_2017_2_4.pdf1,88 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.