Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8912
Título: Avaliação da funcionalidade de extintores de incêndio manutenidos nas regiões central, centro sul e sudoeste do estado do Paraná
Título(s) alternativo(s): Evaluate the efficiency of fire extinguishers in central, south central and southwestern Paraná state
Autor(es): Demczuk, Thiago
Orientador(es): Catai, Rodrigo Eduardo
Palavras-chave: Segurança do trabalho
Prevenção de incêndios
Extintores de incêndio
Industrial safety
Fire prevention
Fire extinguishers
Data do documento: 21-Dez-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: DEMCZUK, Thiago. Avaliação da funcionalidade de extintores de incêndio manutenidos nas regiões central, centro sul e sudoeste do estado do Paraná. 2013. 66 f. Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização (Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2013.
Resumo: O extintor de incêndio é um equipamento de proteção coletiva utilizado no combate a princípios de incêndio. Visando a conservação de suas condições de operação, este equipamento deve passar periodicamente por serviço de manutenção em empresa especializada que deve ser registrada junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia - Inmetro. Tendo em vista que os projetos relacionados à prevenção de incêndio geralmente são vinculados aos profissionais da área de segurança no trabalho, o conhecimento das exigências para o serviço de manutenção em extintores de incêndio se torna importante ao profissional. O objetivo deste trabalho foi avaliar o funcionamento de extintores de incêndio dos tipos: pó químico BC 4kg e água pressurizada 10 litros, ambos de pressurização direta, manutenidos nas regiões central, centro sul e sudoeste do estado do Paraná conforme os requisitos normativos do Inmetro. O estudo foi realizado em três etapas, sendo a primeira composta de levantamento bibliográfico sobre o assunto, bem como das leis e normativas do setor. Na segunda etapa foi realizada a visita em 08 empresas do ramo de manutenção em extintores de incêndio onde, em cada uma, foram realizados ensaios em 03 unidades de extintores do tipo pó químico BC 4 kg e 03 unidades de extintores do tipo água pressurizada 10 litros conforme requisitos determinados pela legislação do Inmetro. Na terceira etapa as informações obtidas foram organizadas e avaliadas, de forma a indicar as condições de funcionamento dos extintores manutenidos. Nos ensaios todos os extintores funcionaram, expelindo o agente extintor. Obtiveram-se resultados como aprovados, quanto aos quesitos do Inmetro, na maior parte dos extintores, sendo 92% do total das amostras ensaiadas. 02 extintores do tipo pó químico BC e 02 extintores do tipo água pressurizada reprovaram em algum dos critérios. Para os casos de reprovação observados, provavelmente o consumidor não perceberia a variação obtida. Desta forma notou-se a importância, por parte dos profissionais do setor de segurança do trabalho, em ter o conhecimento básico para avaliar a funcionalidade destes equipamentos. Pôdese concluir que o serviço prestado nas empresas avaliadas, possui boa qualidade, possibilitando o combate a princípios de incêndio, também que o monitoramento realizado pelos órgãos competentes serve como a garantia da adequada realização de todo o processo.
Abstract: The fire extinguisher is a collective protection equipment used in fighting the fire outbreak. Aiming the conservation of their operating conditions, this equipment must undergo periodically maintenance service in specialized company which must be registered with the National Institute of metrology, quality and technology - Inmetro. Considering that the fire prevention-related projects are usually linked to professionals in work safety area, the knowledge on requirements for the maintenance service in fire extinguishers becomes important to the professional. The objective in this study was to evaluate the efficiency in some types of fire extinguishers like 4kg BC dry chemical powder and 10 liters pressurized water fire extinguishers, both direct pressurization, maintained in Central, South Central and Southwestern Paraná as for the regulatory requirements of Inmetro. The study was conducted in three stages, the first one being composed of bibliographical survey on the subject as well as the laws and regulations of the sector. In the second stage, a visit was held in 08 maintenance companies of fire extinguishers where operating tests were performed in 3 units of 4 kg dry chemical powder fire extinguishers and 3 units of 10 liter pressurized water fire extinguishers as determined by the legislation requirements of Inmetro. In the third step, the information obtained were organized and evaluated, in order to indicate the operating conditions of maintained extinguishers. During the operating tests, all extinguishers worked, expelling the extinguishing agent. The results were obtained as approved, regarding to requirements of Inmetro in most fire extinguishers, being 92% of total samples tested. 02 chemical powder type extinguishers BC and 02 pressurized water type extinguishers failed at some of the criteria. For cases of fail observed, probably the consumer wouldn't notice the variation obtained. As a result, it was observed the importance of security professional workers to have the basic knowledge to evaluate the equipment’s efficiency. It might be concluded that the service provided in the companies evaluated, has good quality, making it possible to combat the fire outbreak and also the monitoring carried out by the competent organs serves as the guarantee of adequate performance in the whole process.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8912
Aparece nas coleções:PG - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_CEEST_1_2012_18.pdf4,71 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.