Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8932
Título: Análise preliminar de riscos em uma indústria farmacêutica
Autor(es): Sugai, Celso Kiyoshi
Orientador(es): Hara, Massayuki Mario
Palavras-chave: Avaliação de riscos
Indústria farmacêutica - Avaliação de riscos
Higiene do trabalho
Segurança do trabalho
Risk assessment
Risk assessment - Pharmaceutical industry
Industrial hygiene
Industrial safety
Data do documento: 19-Abr-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SUGAI, Celso Kiyoshi. Análise preliminar de riscos em uma indústria farmacêutica. 2017. 38 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2017.
Resumo: O aumento de renda, do acesso a planos de saúde e o envelhecimento da população é o motivo pelo qual a Indústria Farmacêutica está em expansão. Com origem entre 1890 e 1950, apesar de regulamentada pela ANVISA, é um setor que possui uma tendência crescente de acidentes de trabalho. O presente trabalho é um estudo de caso cujo a finalidade é elaborar uma Análise Preliminar de Risco (APR) para os principais processos de uma indústria farmacêutica, identificando qualitativamente, os riscos físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e mecânicos nos principais. O desenvolvimento do estudo foi realizado em uma Indústria localizada na região metropolitana de Curitiba e teve como modelo o proposto por Benite (2004) e a metodologia proposta De Cicco e Fantazzini (1988). A elaboração da APR teve seu desenvolvimento a partir da descrição das atividades exercidas pelos operadores, identificando os riscos de higiene e segurança do trabalho. O trabalho resultou na identificação dos principais riscos nos atividades de pesagem, formulação, encapsulação, compressão e revestimento; em que os riscos biológicos e ergonômicos tiveram maior importância pois foram identificados em todos os processos. Portanto a APR foi útil para identificar e confirmar os principais riscos dentro de uma Indústria farmacêutica, propondo soluções e consequentemente reduzindo acidentes.
Abstract: The income increase, access to health insurance and the aging of the population is the reason why the Pharmaceutical Industry is expanding. Starting on between 1890 and 1950, although regulated by ANVISA, it is a sector that has an increasing tendency of work accidents. The present work is a case study whose purpose is to prepare a Preliminary Hazard Analysis (PHA) for the main processes of a pharmaceutical industry, identifying, qualitatively, the physical, chemical, biological, ergonomic and mechanical risks in the main ones. The development of the study was elaborated in an Industry located in the metropolitan region of Curitiba and has as model the one proposed by Benite (2004) and the proposed methodology of De Cicco and Fantazzini (1988). The preparation of the PHA had its development from the description of the activities carried out by the operators, identifying the risks of hygiene and safety of the work. The study resulted in the identification of the main risks of weighing, formulation, encapsulation, compression and coating; which the biological and ergonomic risks were more relevant because they were identified in all processes. Therefore, the PHA was useful to show and confirm the main risks of a Pharmaceutical industry, proposing solutions and consequently reducing accidents.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/8932
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXXIII_2017_10.pdf906,1 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.