Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9067
Título: Análise de patologias em estruturas de unidades básicas de saúde da cidade de Curitiba
Título(s) alternativo(s): Building pathologies analysis in basic health units structures of the city of Curitiba
Autor(es): Griebeler, Jéssica Rodrigues
Wosniack, Laís Mariana
Orientador(es): Mazer, Wellington
Palavras-chave: Construção civil - Patologia - Curitiba (PR)
Falhas estruturais
Edifícios públicos - Manutenção e reparos
Obras públicas - Patologia - Curitiba (PR)
Construção civil
Engenharia civil
Building - Pathology - Curitiba (PR)
Structural failures
Public buildings - Maintenance and repair
Public works - Curitiba (PR)
Building
Civil engineering
Data do documento: 5-Dez-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: GRIEBELER, Jéssica Rodrigues; WOSNIACK, Laís Mariana. Análise de patologias em estruturas de unidades básicas de saúde da cidade de Curitiba. 2017. 133 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2017.
Resumo: Manifestações patológicas são comumente encontradas em edifícios públicos brasileiros. Isso reflete um problema generalizado no setor de projetos, construção e manutenção que, por sua vez, impactam negativamente sobre o conforto, a saúde e a segurança dos usuários. Em se tratando de estruturas destinadas à área da saúde, essa particularidade se torna altamente desfavorável. Este trabalho apresenta uma análise da situação atual das estruturas de prédios públicos da cidade de Curitiba, com enfoque nas Unidades Básicas de Saúde (UBS). Primeiramente, foi calculado e definido um número estatisticamente adequado de UBSs a serem vistoriadas, e na sequência foram realizadas as visitas técnicas com o levantamento de dados in loco. Por fim, foram estabelecidos critérios para a avaliação das anomalias. As análises demonstraram um provável vício construtivo dos prédios das UBSs pela impermeabilização inadequada e ausência de construção de vergas e contra-vergas, que respectivamente provocaram o desenvolvimento de patologias por umidade ascendente e fissuração na maioria das UBSs. Somado aos vícios construtivos também foram encontradas anomalias causadas por falhas de projeto e negligência na manutenção. Após a definição de parâmetros para dar notas que pudessem representar o estado de conservação das estruturas das UBSs vistoriadas, chegou-se em uma nota geral conferida a todas as estruturas das UBSs de Curitiba de 7  3, com grau de confiabilidade de 95% sobre essa afirmação, classificando as unidades em risco de criticidade Mínimo. A partir desses resultados foi possível concluir que embora as estruturas das UBSs de Curitiba apresentem uma análise positiva, não se pode ignorar os casos detectados de patologias em situações críticas que necessitam de manutenção para que tenham um desempenho adequado em seu propósito de servir à área da saúde.
Abstract: Building pathologies are commonly found in Brazilian public buildings. This reflects a widespread problem within the design, construction and maintenance sectors, which in turn, negatively impacts the comfort, health and safety of users. This is of particular importance for public health infrastructure. This work presents an analysis of the current situation of public buildings structures of the city of Curitiba, focusing on Basic Health Units (UBS). Firstly, a statistically adequate number of UBSs to be inspected was estimated and defined. Afterwards the technical inspections with the in loco data collection were made. Lastly the criteria for the building pathology evaluation was stablished. The analyzes showed a probable constructive defect of UBS buildings due to inadequate waterproofing and lack of lintels structures, which respectively led to the development of dampness and cracking associated pathologies in most UBSs. In addition, many anomalies were also caused by design failures and maintenance neglect. After the definition of parameters to rate the UBSs conservation state, an overall grade was given to the Curitiba’s UBSs of 7  3, with 95% reliability on this assertion, classifying the structures as Minimum criticality risk. Based on these results, it is possible to conclude that although the UBS’s structures were awarded a positive grade, the detected cases of building pathologies in critical situations cannot be ignored, they need adequate maintenance work so they can keep fulfilling their purpose of servicing the health public sector.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9067
Aparece nas coleções:CT - Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COECI_2017_2_10.pdf5,38 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.