Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9138
Título: Caracterização da água de lastro de embarcação no Porto de Imbituba (SC)
Título(s) alternativo(s): Ballast water characterization of a vessel at the Port of Imbituba (SC)
Autor(es): Tschá, Leonardo
Orientador(es): Freire, Flavio Bentes
Palavras-chave: Descarga de água de lastro
Água de lastro
Impacto ambiental
Transporte marítimo
engenharia civil
Discharge of ballast water
Ballast water
Environmental impact statements
Shipping
Civil engineering
Data do documento: 21-Nov-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: TSCHÁ, Leonardo. Caracterização da água de lastro de embarcação no Porto de Imbituba (SC). 2016. 54 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Civil) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2016.
Resumo: Dada a importância do transporte marítimo na economia mundial e nacional e seu papel central no fenômeno da bioinvasão em todo o globo, os estudos a respeito das características da água de lastro, assim como métodos de correção e prevenção de introdução de espécies invasoras em novos ambientes, têm ganhado espaço no cenário acadêmico da preservação ambiental. Neste trabalho foi realizada a caracterização físico-química da água de lastro coletada em embarcação atracada no porto de Imbituba, no litoral sul do estado de Santa Catarina. As amostras foram analisadas in situ para os parâmetros: densidade, ferro total, alcalinidade, dureza, bromo, cloro livre e total, pH e temperatura. No laboratório os parâmetros analisados foram: sólidos suspensos, turbidez e transmitância à 254 nm. Os resultados obtidos foram comparados entre si e também com valores obtidos na literatura para água de lastro e de mar estudadas em outras regiões do mundo, debatendo-se no final os riscos e impactos que a água em estudo poderia trazer consigo para o ambiente no qual foi descartada. Verificou-se com os resultados obtidos a proximidade de valores com os outros estudos realizados até o momento, possibilitando a comparação com estes quanto a viabilidade de utilização de alguns métodos de desinfecção (radiação UV, ozonização e tratamento térmico), conforme as características apresentadas pela amostra. Dentre os parâmetros analisados, a dureza destacou-se por inviabilizar os processos de desinfecção encontrados na literatura, devido à precipitação e incrustação de carbonatos e bicarbonatos nos sistemas que poderiam vir a ser instalados nas embarcações. A similaridade das características da água de lastro e do mar indicaram ainda, a possibilidade de sobrevivência de organismos vivos durante o deslocamento da embarcação, não eliminando-se por completo o risco de bioinvasão apenas com a troca da água de lastro em alto mar.
Abstract: Given the importance of maritime transport in the world and national economy and its central role in the phenomenon of bioinvasion across the globe, studies on the characteristics of ballast water, as well as methods of correction and prevention of introduction of invasive species in new environments, those studies have gained space in the academic landscape of environmental preservation. This work bases on the physicochemical characterization of the ballast water collected from a vessel in the port of Imbituba, on the southern coast of the state of Santa Catarina. The samples analyzed in situ for the following parameters: density, total iron, alkalinity, hardness, bromine, free and total chlorine, pH and temperature. Other parameters analyzed in the laboratory were: suspended solids, turbidity and transmittance at 254 nm. The results obtained were compared with each other and also with some reference values of studies in other regions of the world for ballast water and seawater, discussing in the end the risks and impacts that the water analyzed in this study could bring to the environment which it was discharged. The characterization results were very close to the ones found in the literature noticing the possibility of using some disinfection methods (UV radiation, ozonation and heat treatment). Among the analyzed parameters, we can stress the hardness because it makes the disinfection processes found in the literature unfeasible, due to a precipitation and incrustation of carbonates and bicarbonates in the systems. The similarity of the characteristics of seawater and ballast water indicates the risk of survival of living organisms during the displacement of the vessel, not eliminating completely or risk of bioinvasion only with a ballast water exchange in open seas.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9138
Aparece nas coleções:CT - Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COECI_2016_2_18.pdf2,68 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.