Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9147
Título: Retroanálise da estabilidade de um talude rodoviário da região de Curitiba
Título(s) alternativo(s): Back analysis of a road slope stability in Curitiba
Autor(es): Reis, Alexandre Mokdici dos
Teixeira, Wagner
Orientador(es): Izzo, Ronaldo Luis dos Santos
Palavras-chave: Cisalhamento
Taludes (Mecânica do solo) - Estabilidade
Rodovias
Rodovias - Medidas de segurança
Engenharia civil
Shear (Mechanics)
Slopes (Soil mechanics) - Stability
Roads
Roads - Safety measures
Civil engineering
Data do documento: 20-Jun-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: REIS, Alexandre Mokdici; TEIXEIRA, Wagner. Retroanálise da estabilidade de um talude rodoviário da região de Curitiba. 2016. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Civil) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2016.
Resumo: Apresenta-se neste trabalho a retroanálise de um escorregamento em um talude rodoviário na encosta da rodovia Curitiba – Ponta Grossa (BR 376), km 4040, situado no município de Curitiba, Paraná. Por ser um corredor de escoamento de alguns dos principais polos de produção agrícola e industrial do Estado, mitigar seu risco de bloqueio ou acidentes é de suma importância. O talude localiza-se na região de Formação Guabirotuba e o solo é classificado como silte-arenoso, conforme norma D- 2487 (ASTM, 2011). Através do ensaio de cisalhamento direto obteve-se um intercepto de coesão de 13,45 kPa e um ângulo de atrito interno de 25,85º para este solo. Há no local um escorregamento do tipo rotacional, por isso, determina-se a mais provável causa do deslizamento, assumindo hipóteses em que este pode ter ocorrido. Um modelo da geometria inicial do talude foi inserido na ferramenta computacional SLOPE-W (GeoStudio, 2007), e juntamente com seus parâmetros característicos, determina-se o fator de segurança, através do método de Spencer, resultando em um fator de 2,18 para o talude em estado seco e 1,42 para o talude em estado parcialmente saturado. Através da análise, conclui-se que talude encontra-se estável no ponto de ruptura existente. Para o talude em estado parcialmente saturado, indicase a aplicação de drenos profundos de 2,5 metros de comprimento, para assim obter o fator de segurança acima de 1,5, recomendado pela norma NBR 11682 (ABNT, 2002). A primeira hipótese é devido a uma infiltração localizada no patamar acima, ocasionando um fluxo de água corrente, abaixando a coesão para 8,62 kPa, chegando no fator de segurança unitário. Outra hipótese é a de uma lente no local da ruptura, com parâmetros inferiores aos obtidos em laboratório. Por fim, a última hipótese é a de um recalque na região do rompimento do talude, ocasionando um trincamento do solo após período de estiagem e resultando no existente rompimento.
Abstract: This paper presents a back analysis of a slip on a road slope in the Curitiba - Ponta Grossa roadway (BR 376), km 4040, located in Curitiba, Paraná. This roadway is one of the main transport corridors of agricultural and industrial products of the state, mitigate the risks is very important. The soil is in Guabirotuba forming region and is classified as sandy-silt, according standard D-2487 (ASTM, 2011). Through direct shear test it was obtained an intercept of 13,45 kPa cohesion and angle of internal friction of 25,85º for this soil. The slope have a rotation failure type, so it is determined the most likely cause of the slip, making assumptions cases about why this may have occurred. A model of the initial slope geometry was inserted into the computational tool SLOPE/W (GeoStudio, 2007), and with parameters of the soil, it was determined the safety factor, by Spencer method, resulting in a factor equals 2,18 to the slope in dry state and 1,42 for the slope in partially saturated state. Through analysis, it is concluded that the slope is stable at the point of rupture. For the slope in partially saturated state, it indicates the application of deep drains with 2,5 meters, in order to obtain the safety factor above 1,5, recommended by NBR 11682 (ABNT, 2002). The first hypothesis is due a infiltration located on the landing above, causing a flow of water, lowering cohesion to 8.62 kPa, reaching the unit safety factor. Another hypothesis is a layer with another soil in place of the rupture, with unequal parameters to those obtained in the laboratory. Finally, the last hypothesis is a repression in the disruption of the slope region, resulting in a soil dry period after cracking, resulting in the existing failure
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9147
Aparece nas coleções:CT - Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COECI_2016_1_01.pdf2,66 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.