Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9536
Título: Produção de celulases e pectinases por fungos filamentosos utilizando aparas de papel contendo tinta e bagaço de uva
Título(s) alternativo(s): Cellulase and pectinase production by filamentous fungi using shavings of paper containing ink and grape pomace
Autor(es): Ianoski, Aline Bisinella
Orientador(es): Maciel, Giselle Maria
Palavras-chave: Celulose
Enzimas microbianas
Pectinase
Fungos
Resíduos industriais
Cellulose
Microbial enzymes
Pectinase
Fungi
Factory and trade waste
Data do documento: 13-Jun-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: IANOSKI, Aline Bisinella. Produção de celulases e pectinases por fungos filamentosos utilizando aparas de papel contendo tinta e bagaço de uva. 2016. 57 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Tecnologia em Processos Ambientais) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2016.
Resumo: Nos últimos anos houve um aumento expressivo na geração de resíduos derivados dos setores industriais e agroindustriais no Brasil. No ramo industrial, destaca-se a fabricação de papel e celulose, já no ramo agroindustrial destaca-se a vitivinicultura. Entre os resíduos resultantes destas duas atividades, estão as aparas de papel contendo tinta e o bagaço de uva. Para que estes resíduos tenham um melhor aproveitamento, é necessário o desenvolvimento de pesquisas que avaliem alternativas mais nobres para a sua destinação. Neste contexto, a proposta do presente trabalho foi a utilização das aparas de papel contendo tinta e do bagaço de uva Bordô como substratos para produção de celulases e pectinases, respectivamente, secretadas por fungos filamentosos. Através do isolamento de fungos em placas contendo ágar extrato de malte, foi possível obter sete culturas axênicas, para posterior avaliação do índice enzimático de cada fungo e seleção dos produtores de celulases e pectinases. Para a produção de celulases foi selecionado o fungo Ganoderma sp., e para produção de pectinases foi selecionado o fungo isolado LB009. O fungo Aspergillus niger foi utilizado como controle para a produção de ambas as enzimas hidrolíticas. A produção enzimática foi realizada em meio de cultivo líquido com diferentes composições. O meio de cultivo que mais induziu a produção de celulases foi o composto por solução salina, peptona e aparas de papel contendo tinta, utilizando como inóculo Aspergillus niger, resultando em 59,63 FPU.L-1 . Para produção de pectinases, o meio de cultivo que apresentou melhor condição foi o composto por glicose, bagaço de uva Bordô e pectina, com inoculo do fungo LB009, apresentando 5268,52 U.L-1 . Os resultados demonstram que a composição do meio de cultivo, em relação à disponibilidade de nutrientes, como o carbono e nitrogênio, influenciaram na produção enzimática. A utilização das aparas de papel contendo tinta e do bagaço de uva Bordô como substrato no meio de cultivo líquido favoreceu a produção de celulases e pectinases, representando assim, uma alternativa interessante para a destinação dos resíduos oriundos do setor industrial e agroindustrial. Assim como, uma alternativa de baixo custo para a produção de celulases e pectinases por fungos filamentosos.
Abstract: In recent years there has been a significant increase in the generation of waste derived from industrial and agro-industrial sectors in Brazil. In the industrial sector, the production of paper and pulp is highlighted, however in the agro-industrial sector the vitiniculture is highlighted. Among the waste resulting from these two activities, are the shavings of paper containing ink and grape pomace. In order to have a better use from the waste, the development of studies to evaluate nobler alternative to its destination is required. In this context, the purpose of this study is the use of shavings of paper containing ink and grape pomace Bordô as substrates for the production of cellulases and pectinases, respectively, secreted by filamentous fungi. By isolating the fungi on plates containing malt extract agar, it was possible to get seven axenic cultures, for later evaluation of the enzyme production of each fungus and selection of producers of cellulases and pectinases. For the production of cellulases, the fungus Ganoderma sp.has been selected, and for the production of pectinase the fungus isolated LB009 was selected. The fungus Aspergillus niger was used as a control for both the production of hydrolytic enzymes. The enzyme production was performed in liquid culture with different compositions. The culture medium that induced the production of more cellulases was composed of saline solution, peptone and shavings of paper containing ink, using as Aspergillus niger, inoculum resulting in 59,63 FPU.L-1 . For production of pectinases, the culture medium that has the best condition was composed of glucose, grape pomace Bordô and pectin, with inoculum LB009 fungus, presenting 5268.52 U.L-1. The results demonstrated that the composition of the culture medium, in relation to availability of nutrients, such as carbon and nitrogen, influenced enzyme production. The use of shavings of paper containing ink and grape pomace Bordô as a substrate in the liquid system favored the production of cellulases and pectinases, thus representing an interesting alternative for the disposal of waste from the industial and agro-industrial sector, as well as a low cost alternative for the production of cellulases and pectinases for filamentous fungi.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9536
Aparece nas coleções:CT - Tecnologia em Processos Ambientais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COAMB_2016_1_2.pdf1,29 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.