Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9620
Título: Fluxo de caixa operacional e EBITDA: estudo comparativo entre as empresas que compõe IBRX-50 - Índice Brasil 50
Título(s) alternativo(s): Operational cash flow and EBITDA: comparative study among companies composed IBRX-50 - Index Brazil 50
Autor(es): Bett, Lucas José
Orientador(es): Schvirck, Eliandro
Palavras-chave: Fluxo de caixa
Gerenciamento de caixa
Processo decisório
Cash flow
Cash management
Decision making
Data do documento: 27-Abr-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: BETT, Lucas José. Fluxo de caixa operacional e EBITDA: estudo comparativo entre as empresas que compõe IBRX-50 - Índice Brasil 50. 2017. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: O EBITDA é um importante indicador usado por gestores e investidores no seu processo decisório. Considerada como uma informação não regulada, é adotada pelos seus usuários como uma estimativa do Fluxo de Caixa Operacional (FCO) da empresa. Se a diferença entre o FCO e o EBITDA for significativa, pode invalidar a adoção do EBITDA como estimativa do FCO. Neste contexto, o objetivo do presente estudo é analisar se existe diferença entre o Fluxo de Caixa Operacional (FCO) e o EBITDA entre empresas nos diversos setores da economia. Para a realização do estudo, foram analisados os dados das empresas pertencentes ao índice IBrX50 da BM&FBOVESPA, durante o período compreendido entre 2013 e 2015. Para isso, foi realizado um estudo descritivo, com abordagem quantitativa, utilizando-se os procedimentos técnicos de pesquisa documental e bibliográfica. Os resultados do estudo indicam que a margem FCO apresentou diferenças estatísticas significativas quando comparadas à margem EBITDA, sendo a primeira menor do que a segunda, ou seja, a análise com base na margem FCO pode ser considerada mais conservadora do ponto de vista de geração de caixa.
Abstract: EBITDA is an important indicator used by managers and investors in their decision-making process. Considered as unregulated information, it is adopted by its users as an estimate of the company's Operational Cash Flow (FCO). If the difference between FCO and EBITDA is significant, it may invalidate the adoption of EBITDA as an FCO estimate. In this context, the objective of the present study is to analyze if there is a difference between the Operational Cash Flow (FCO) and EBITDA among companies in the various sectors of the economy. To carry out the study, the data of the companies belonging to the BM & FBOVESPA index IBrX50 were analyzed during the period between 2013 and 2015. For this, a descriptive study was carried out, using a quantitative approach, using the technical procedures of documentary and bibliographic research. The results of the study indicate that the FCO margin presented significant statistical differences when compared to the EBITDA margin, the first one being smaller than the second one, that is, the analysis based on the FCO margin can be considered more conservative from the cash flow point of view.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9620
Aparece nas coleções:PB - Gestão Contábil e Financeira

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_EGCF_XII_2017_21.pdf598,24 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.