Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9687
Título: Módulo refrigerado para transporte de vacinas em automóveis
Autor(es): Plovas, Ricardo
Oliveira, Djalma Ageu Alves de
Orientador(es): Fenato, Alexandre Junior
Palavras-chave: Controladores programáveis
Vacinas
Armazenamento e transporte de cargas
Programmable controllers
Vaccines
Storage and moving trade
Data do documento: 17-Dez-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: PLOVAS, Ricardo; OLIVEIRA, Djalma Ageu Alves de. Módulo refrigerado para transporte de vacinas em automóveis. 2014. 43 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Automação Industrial) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2014.
Resumo: O transporte de substâncias que necessitam controle de temperatura, como é o caso de vacinas, deve seguir com rigor as especificações do fabricante. Porém, ainda é comum o transporte de vacinas em automóveis ser feito em caixas com gelo e sem controle de temperatura. A pastilha de Peltier é um componente eletrônico composto por duas junções de material semicondutor, quando alimentado com uma tensão 12 Vdc gera aquecimento em uma de suas faces e resfriamento na outra. Este trabalho teve como objetivo o desenvolvimento de um módulo refrigerado para transporte de vacinas em automóveis, cuja temperatura interna deva variar entre 2º e 8º C. A refrigeração interna foi feita por meio de uma pastilha de Peltier. Foi realizado levantamento bibliográfico sobre os componentes usados neste projeto, além de testes práticos em pastilhas de Peltier para definir qual melhor se encaixa para o projeto e conhecer seus limites. Esses testes incluíam o uso de diferentes modelos de dissipadores. Para manter esta temperatura foi necessário criar uma camada adicional de poliuretano, que atua como isolante térmico. Para monitorar a temperatura interna do módulo, foi utilizado um sensor de temperatura LM35 e um microcontrolador, que foi programado para realizar leituras do sensor e enviar essa informação para que possa ser lida em um display de LCD. Os resultados indicaram que a pastilha modelo tec1-12705 apresentou menor consumo e também a menor temperatura medida no lado frio, com -9,6º C. O uso de diferentes modelos de dissipadores apontaram que para máximo aproveitamento da refrigeração, o dissipador deve ter uma área de contato igual ou superior a área da pastilha. Desta forma conclui-se que a utilização de pastilhas de Peltier para este fim é seguramente viável, além de ser de uso simples e prático.
Abstract: The transport of substances which require a control of temperature, such as vaccines, must follow accurately the manufacturer's specifications. However, it’s still common the transport of vaccines in automobiles be made in boxes with ice and without temperature control. The Peltier chip is an electronic component that consists of two junctions of semiconductor material which generates heat in one of its faces and cooling in another when supplied with a 12 Vdc tension. This study aimed to develop a module for refrigerated transport vaccines in automobiles, whose internal temperature should range between 2º and 8º C. The internal cooling was made by chip Peltier. Was conducted a bibliographical survey about the components used in this project, and practice tests in Peltier chips to define what is the most suited for the project and know your limits. These tests included the use of different models of dissipators. To maintain this temperature was necessary to create an additional layer of polyurethane, which acts as a thermal insulator. The internal temperature of the module was monitored by using a temperature sensor (LM35) and a microcontroller which is programmed to make sensor readings and send this information to readable on an LCD display. The results indicated that the chip tec1-12705 showed lower consumption and also the lowest temperature measured in the cold side, which was -9,6º C. The use of different models of dissipators showed that the dissipator should have a contact area less than the area of the tablet for maximum utilization of cooling. Therefore we conclude that the use of Peltier chips for this purpose is certainly viable, as well as being simple and practical use.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9687
Aparece nas coleções:PG - Tecnologia em Automação Industrial

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_DAELE_2014_2_02.pdf883,79 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.