Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9919
Título: Análise preliminar e controle de riscos de quedas nas atividades de instalação de elevadores
Autor(es): Iunq, Marcos
Orientador(es): Pessa, Sergio Luiz Ribas
Palavras-chave: Elevadores
Segurança do trabalho - Normas
Avaliação de riscos
Elevators
Industrial safety - Standards
Risk assessment
Data do documento: 25-Mar-2017
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Pato Branco
Referência: IUNQ, Marcos. Análise preliminar e controle de riscos de quedas nas atividades de instalação de elevadores. 2017. 59 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Pato Branco, 2017.
Resumo: Imagine um mundo com construções que não ultrapassariam o terceiro andar e que ninguém tivesse vistas tão magnificas como a que se pode observar hoje do alto de alguns dos maiores edifícios do planeta. Tudo isso graças ao desenvolvimento e aprimoramento de um dos itens que foram fundamentais para o avanço da expansão vertical, o elevador. Com o crescimento da construção civil impulsionando o setor de transporte vertical os números globais dão conta de que existem 6,9 milhões de elevadores no mundo e, por ano, 350 mil novas unidades são instaladas, transportando mais de 2 bilhões de pessoas todos os dias, segundo dados da Otis elevadores, uma das maiores empresas no segmento. Atrelando o setor de transporte vertical que está diretamente ligado com a construção civil, verificou-se que em vários segmentos da construção civil o risco de queda torna-se preocupante. O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) destaca que 40% dos acidentes de trabalhos ocorridos ao ano são resultantes de quedas em altura (revista proteção em 13/11/2013). Na procura da diminuição dos números de acidentes causados muitas vezes pela falta de conhecimento tanto do empregador como do empregado, foi desenvolvida a Norma Regulamentadora Nº 35, específica para trabalho em altura (2,00 metros acima do nível inferior) sendo um importante instrumento de referência para que estes trabalhos sejam realizados de maneira segura. Esse trabalho tem como objetivo mostrar procedimentos mais seguros e melhores controles de riscos de acidentes no trabalho de instalação de elevadores.
Abstract: Imagine a world with constructions that would not go beyond the third floor and that no one had sights as magnificent as the ones we can see today from the top of some of the greatest buildings on the planet. All this thanks to the development and improvement of one of the items that were fundamental for the advance of vertical expansion, the elevator. With the growth of civil construction increasing the vertical transportation sector, global figures show that there are 6.9 million elevators in the world and 350,000 new units are installed each year, transporting more than 2 billion people every day, that is what data from Otis Elevators shows, one of the largest companies in the segment. Hitching the vertical transportation sector that is directly connected with the civil construction, it was verified that in several segments of the construction, the risk of falling becomes worrisome. The Ministry of Labor and Employment stresses that 40% of work accidents that occur each year result from falls from height (revised protection on 11/13/2013). In order to reduce the number of accidents caused by the lack of knowledge of both the employer and the employee, the government did a Regulatory Norm No. 35, that was specific for working at a height (2.00 meters above the lower level), and to ensure that these works are done out safely. This work aims to show safer procedures and better control of accidental risks in elevator installation.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9919
Aparece nas coleções:PB - Engenharia de Produção

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PB_ESEP_II_2017_16.pdf2,26 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.