Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9931
Título: Análise e desenvolvimento de projeto de uma indústria sucroalcooleira: usina Rio Doce
Título(s) alternativo(s): Analysis and development of a sugar and alcohol industry project
Autor(es): Alves, Giovanna Giacobbo
Santos, Gabriely Costa dos
Isaac, Icaro dos Santos
Gama, Lucas
Granado, Suelen Amanda
Orientador(es): Defendi, Rafael Oliveira
Palavras-chave: Usinas de açúcar
Cana-de-açúcar
Biomassa
Sugar factories
Sugarcane
Biomass
Data do documento: 19-Jun-2018
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Apucarana
Referência: ALVES, Giovanna Giacobbo et al. Análise e desenvolvimento de projeto de uma indústria sucroalcooleira: usina Rio Doce. 2018. 231 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) — Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Apucarana, 2018.
Resumo: O uso de fontes de energia alternativas aos combustíveis fósseis vem ganhando importância no Brasil e no mundo. Nesse cenário a biomassa vem obtendo destaque por ser uma fonte renovável de produção de energia. Este trabalho apresenta algumas reflexões referentes à expansão da indústria canavieira no Brasil, sem desconsiderar o contexto histórico de formação do território brasileiro e sua relação com a cultura da cana, abordam-se os processos de fabricação do açúcar e do etanol. Realizou-se, também, uma análise de mercado para visualizar a viabilidade da implantação de uma nova usina no estado de São Paulo. No estudo pôde-se constatar que a indústria sucroenergética possui grande influência no Brasil e o setor pode contribuir de forma relevante com uma produção eficiente, lucrativa e sustentável. Devido às condições climáticas, relevo, solo e logística escolheu-se a cidade de Rio Claro para o desenvolvimento da nova usina e, em consequência dos atuais preços do mercado definiu-se uma proporção de produção de 80% de açúcar VHP para exportação e 20% de álcool hidratado para o consumo internom bem como se estabeleceu uma capacidade de processamento 12.000 toneladas de cana por dia. Com isso, construiu-se um fluxograma simplificado do processo e um possível layout da usina que será denominada Usina Rio Doce. A partir do balanço de massa realizado foi possível obter-se 520.000 litros de etanol e, aproximadamente, 996 toneladas de açúcar por dia. Foi realizado também o balanço de energia, a integração energética, o dimensionamento de equipamentos e a análise financeira. A partir dos dados obtidos foi possível inferir que o empreendimento é viável com uma TIR de 10,27%.
Abstract: The use of alternative energy sources to fossil fuels has been gaining importance in Brazil and in the world, in this scenario biomass has been highlighted as a renewable source of energy production. This work presents some reflections regarding the expansion of the sugarcane industry in Brazil, without disregarding the historical context of formation of the Brazilian territory and its relation with the sugarcane culture, the sugar and alcohol manufacturing processes are discussed. A market analysis was also carried out to visualize the feasibility of the implantation of a new plant in Brazil. In the study it was verified that the sugar and alcohol industry has great influence in Brazil and the sector can contribute in a relevant way to an efficient, profitable and sustainable production. Due to the climatic conditions, relief, soil and logistics, the city of Rio Claro was chosen for the development of the new plant, as a consequence of the current market prices, a production ratio of 80% of VHP sugar for export and 20% of hydrated alcohol for domestic consumption, and a milling capacity of 12,000 tons of sugarcane per day was established. With this, a simplified flow diagram of the process and a possible layout of the plant, which will be called the Rio Doce Plant, was constructed. From the mass balance achieved it is possible. Energy balance, energy integration, equipment design and financial analysis were performed. From the data obtained it was possible to infer that the enterprise is viable with an IRR of 10.27%.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9931
Aparece nas coleções:AP - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AP_COENQ_2018_1_03.pdf7,94 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.