Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9996
Título: Relação entre estudos da tradução e ensino de línguas: a perspectiva do professor e do licenciando em letras
Autor(es): Rostock, Veronika
Orientador(es): Polchlopek, Silvana Ayub
Palavras-chave: Tradução e interpretação
Linguagem e línguas - Estudo e ensino
Tradutores
Ensino - Metodologia
Linguagem e línguas
Translating and interpreting
Language and languages - Study and teaching
Translators
Teaching - Methodology
Language and languages
Data do documento: 29-Nov-2016
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: ROSTOCK, Veronika. Relação entre estudos da tradução e ensino de línguas: a perspectiva do professor e do licenciando em letras. 2016. 63 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Letras Português/Inglês) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2016.
Resumo: O papel de tradução no processo de ensino e aprendizagem de línguas já passou por várias mudanças ao longo do histórico das metodologias de ensino. A tradução já esteve em sala de aula como atividade literal, já foi totalmente abolida em nome da fluência da língua, já esteve implícita em atividades comunicativas e segue empregada como recurso para finalizar a aula e instrumento para disciplinar e avaliar os alunos. Entretanto, artigos, dissertações, livros e teses começam a abordar e discutir de forma pontual o trabalho com atividades tradutórias na sala de aula de LE. Tais pesquisas, no entanto, tendem a enfatizar a repercussão dessas atividades pelo olhar dos alunos e não dos docentes. Essa pesquisa leva em conta o olhar do professor formado e em formação, partindo de uma concepção de tradução como ato comunicativo contextualizado e as atividades tradutórias como ferramentas auxiliares, não excludentes, do processo de ensino-aprendizagem de línguas. Assim, portanto, nosso objetivo foi analisar a perspectiva dos professores em formação e já atuantes considerando: i) a concepção dos docentes e graduandos sobre o que é ‘tradução e ii) a presença e os propósitos do uso de atividades de tradução em sala de aula de línguas. Para isso, aplicamos questionários que foram analisados individual e comparativamente. Os resultados apontam que os alunos parecem conservar concepções tradicionais, enquanto os professores já consideram a tradução um ato comunicativo e intercultural. Assim, apontamos a necessidade de inserir os estudos da tradução no curso de Licenciatura em Letras, de maneira a ampliar o conhecimento dos futuros professores acerca do uso de atividades tradutórias em sala de aula de línguas.
Abstract: Translation has always been part of the language teaching-learning process and, therefore, it has undergone different roles. It has been abolished or taken as the literal transcription of texts so as to preserve fluency as an ultimate learning purpose. Indeed, it remains as an asset for those final moments of the class as well as a tool to assess language learning and ensure students best behavior. Therefore, it is common to use decontextualized activities, with no clear purpose or planning, or even reject its presence and practice as it is often understood as something forged or unnatural as well. We believe it derives from teachers’ scarce knowledge concerning translation studies as a research area and structuralist views that depict translation as the literal transcription of words or phrases, a residue from the grammar-translation method. Conversely, academic research, books and articles have lately addressed translation through classroom experiences, though focusing on the learners´ perspective, while teachers tend not to be highlighted. So, this study focuses undergraduate language students and high school teachers regarding their translation concept and the presence and aims of translation actions in the classroom. To accomplish such aim, a survey was (in)directly carried out with both sets. Results point out that language students seem to nurture a more conservative view regarding translation studies than teachers who tend to understand translation as an intercultural communicative act. This highlights the need to include translation studies in undergraduate language courses, so as to broaden students’ knowledge about the use of translation activities in the foreign language classroom.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/9996
Aparece nas coleções:CT - Licenciatura em Letras

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_COLET_2016_2_05.pdf3,6 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.