Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16450
Título: Degradação do ácido acetilsalicílico utilizando CoO@TiO2 como catalisador
Autor(es): Paula, Jéssyca Natel de
Huggler, Silvia Letícia
Orientador(es): Lenzi, Giane Gonçalves
Palavras-chave: Catalisadores
Poluentes
Dióxido de titânio
Catalysts
Pollutants
Titanium dioxide
Data do documento: 28-Nov-2019
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Ponta Grossa
Referência: PAULA, Jéssyca Natel de; HUGGLER, Silvia Letícia. Degradação do ácido acetilsalicílico utilizando CoO@TiO2 como catalisador. 2019. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Engenharia Química) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Ponta Grossa, 2019.
Resumo: Certos poluentes, como fármacos, estão presentes em baixa concentração em recursos hídricos e apresentam resistência aos tratamentos convencionais realizados nas estações de tratamento de água. Tal situação gera uma preocupação ambiental pela falta de legislação que regule o limite tolerável do poluente em questão. Pensando nisso, este estudo avaliou a aplicação da fotocatálise heterogênea do ácido acetilsalicílico (AAS) como uma alternativa de tratamento não convencional da água, utilizando o catalisador core-shell CoO@TiO2. Além disso, foi feita a comparação deste catalisador com outros quatro catalisadores diferentes (Nb2O5, TiO2, TiO2@Nb2O5 e Nb2O5@TiO2), em busca do mais eficiente, ou seja, em busca daquele que apresentasse melhor remoção do fármaco, citado aqui como poluente emergente. A otimização de parâmetros como pH e concentração de catalisador também foi realizada. Os resultados indicam que o melhor catalisador foi o de Nb2O5@TiO2, usado em concentração de 1g/L e em pH igual a 5. Nessa condição, a remoção foi de 38,9% da concentração inicial de AAS.
Abstract: Some pollutants, such as pharmacos, are present in low concentrations in water resources, and are resistant to conventional treatments performed in water treatment plants. This situation generates an environmental concern by the lack of legislation to regulate the tolerable limit of the pollutant in question. Thinking about it, this work studied the application of heterogeneous photocatalysis of acetylsalicylic acid (ASA) as an alternative of unconventional water treatment, using the core-shell CoO@TiO2 catalyst, comparing this catalyst with other four different catalysts (Nb2O5, TiO2, TiO2@Nb2O5 and Nb2O5@TiO2), in search of the most efficient, in other words, the one that has the best removal of the emerging pollutant, In addition to the optimization of parameters such as pH and catalyst concentration. The results indicate that the best catalyst was Nb2O5@TiO2, used ata concentration of 1g/L and pH equal to 5. In this condition, removal was 38.9% of the initial ASA concentration.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/16450
Aparece nas coleções:PG - Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PG_COENQ_2019_2_08.pdf1,58 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.