Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/17080
Título: Controle de Salmonella Heidelberg com utilização de blend de ácidos orgânicos em frangos de corte
Título(s) alternativo(s): Control of Salmonella Heidelberg using a blend of organic acids in broilers
Autor(es): Müller, Daniel
Orientador(es): Mendes, Angélica Signor
Palavras-chave: Aves - Criação
Alimentos de origem animal - Contaminação
Salmonelose
Aviculture
Food of animal origin - Contamination
Salmonellosis
Data do documento: 24-Jun-2015
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Dois Vizinhos
Referência: MÜLLER, Daniel. Controle de Salmonella Heidelberg com utilização de blend de ácidos orgânicos em frangos de corte. 2015. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Zootecnia) - Universidade Tecnológico Federal do Paraná, Dois Vizinhos, 2015.
Resumo: O presente trabalho teve como finalidade avaliar o controle de Salmonella Heidelberg através do uso de Ácidos Orgânicos (blend) via água de bebida e/ou via ração. O experimento foi conduzido entre os meses de agosto e setembro de 2014 no aviário experimental do Laboratório de Inovações Avícolas/LINAV da Universidade Tecnológica Federal do Paraná - Câmpus Dois Vizinhos. Foram utilizados 325pintos de corte fêmea, da linhagem cobb 500, de um dia de idade e com certificação de livre de Salmonella. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com 5 tratamentos e 5 repetições totalizando 25 boxes, com 13 aves em cada. As aves foram distribuídas aleatoriamente nas unidades experimentais e todas desafiadas através de inoculação com 1 mL de uma solução contendo 1,2x106UFC (Unidades Formadoras de Colônia) de Salmonella Heidelberg (SH), através de uma pipeta estéril de 3 ml por via oro esofágica no momento do alojamento. Todos os tratamentos foram realizados após alojamento, com duração de sete dias consecutivos, repetindo quatro dias consecutivos antes do abate (28, 29, 30 e 31 dias). Os cinco tratamentos foram: T1 Testemunha (0 de ácido + 0 de SH); T2-Controle positivo (0 ácido + SH); T3 –Ácido via água+ SH; T4 –Ácido via ração SH; e T5 -Combinação ácido via Ração + Ácido via Água + SH. Foram coletadas 15 aves por tratamento aos nove dias de idade e aos trinta e um dias de idade (momento do abate) para a realização das análises microbiológicas, e recuperação de Salmonella Heidelberg através da coleta asséptica das porções intestinais (íleo, tonsilas cecais e cecos)e papo, utilizando o método de análise do número mais provável (NMP) de células bacterianas. Também foram realizadas análises bacteriológicas de swab de arrasto aos dezesseis dias de idade para identificar presença ou ausência de Salmonella. O blend de ácidos orgânicos demonstrou eficácia numérica na redução de positividade no isolamento de Salmonella Heidelberg entre os grupos tratados nas necropsias aos nove e trinta e um dias e na coleta de swaba os 16 dias, mas não houve diferenças (p>0,05) entre os grupos tratados e os grupos controle.
Abstract: The present work had as objective to evaluate the control of Salmonella Heidelberg by using Organic Acids (blend) via drinking water and/or via feed. The experiment was conducted between the months of August and September 2014 in experimental laboratory of Aviary Poultry Innovations/LINAV the Federal Technological University of Paraná-Campus Dois Vizinhos. 325 chicks were used female cutting, cobb 500 lineage of one day old with free certification of Salmonella. The experimental design was randomized blocks with 5 treatments and 5 repetitions totaling 25 boxes, with 13 birds in each. The birds were randomly distributed in the experimental units and all challenged through inoculation with 1 mL of a solution containing 1, 2 x 106 CFU (Colony-forming Units) of Salmonella Heidelberg, through a sterile pipette 3 ml per via oro at time of esophageal accommodation. All treatments were performed after accommodation, lasting for seven consecutive days, repeating four consecutive days before slaughter (28, 29, 30 and 31 days). The five treatments were: T1 Witness (acid + 0 0 SH); T2-positive control-0 + acid SH; T3 – via Acid water-hydrogen via water + SH; T4-Acido-Acid infeed infeed + SH; and T5-acid Combination infeed + water-Feed + water + sh. were collected 15 birds per treatment at nine days old and at the age of thirty-one days of age (time of slaughter) to the realization of microbiological analysis, and recovery of Salmonella Heidelberg through the aseptic collection of bowel portions (ileum, tonsil cecais and cecos), heart, liver and spleen using the method of analysis of most probable number (MPN) of bacterial cells. Bacteriological analyses were performed also for swab of drag at sixteen days of age to identify the presence or absence of Salmonella. The blend of organic acids has shown effectiveness in reducing numerical positivity in the isolation of Salmonella Heidelberg between the groups treated in necropsies on nine and thirty-one days and collect swab for 16 days, but there were no differences (p < 0.05) between the groups treated and control groups.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/17080
Aparece nas coleções:DV - Zootecnia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DV_COZOO_2015_1_4.pdf910,32 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.