Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3302
Título: Fronteiras entre história e literatura: a construção do milenarismo de Antônio Conselheiro em Os Sertões de Euclides da Cunha
Autor(es): Schuminski, Alessandro
Orientador(es): Lopes, Itamar Cardozo
Palavras-chave: Milenarismo
Os sertões - Análise
Utopias na literatura
Millennialism
Os sertões - Analysis
Utopies in literature
Data do documento: 2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: SCHUMINSKI, Alessandro. Fronteiras entre história e literatura: a construção do milenarismo de Antônio Conselheiro em Os Sertões de Euclides da Cunha. 2014. 51 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.
Resumo: O presente trabalho de Conclusão de Curso tem como objetivo analisar a construção do milenarismo de Antônio Conselheiro em Os Sertões de Euclides da Cunha. O trabalho está embasado em pesquisas bibliográficas, e a análise da obra é realizada a partir de uma perspectiva literária e histórica, ressaltando os fatores que desencadearam a construção do personagem Antônio Conselheiro como um líder místico católico, pelo viés do messianismo como utopia coletiva do sertão. Relaciona-se a obra com a Guerra de Canudos, tomando aquele como suporte deste, verificando as avaliações que historiadores e literatos efetuaram em relação a essa contiguidade. O trabalho destaca a história e as ideais de utopia, além de ressaltar as condições sociais, econômicas e políticas da República Velha, imprescindíveis como auxílio para depreender como e em quais condições o autor propôs a elaboração do livro. Assim sendo, o trabalho destaca como Euclides da Cunha retratou o sertanejo e seus costumes peculiares, moldando Antônio Conselheiro nessa perspectiva -- um personagem literário e histórico.
Abstract: This work of Final Paper aims at the analysis the construction of millenarianism in Os Sertões of Euclides da Cunha. The work is based upon bibliographic research, and the analysis of the literary composition is performed from a historical and literary perspective, underscoring the factors that unleashed the construction of the character Antônio Conselheiro as a catholic mystic leader, through messianism as a collective utopia of wilderness. It relates Os Sertões with to Guerra de Canudos, taking that in support of this, verifying the reviews that historiographers and literates made in relation to this contiguity. This work emphasizes the history and ideals of utopia, in addition to explain the social, economic and political conditions of the República Velha, as essential aid to deduce how and under what conditions the author has proposed the development of the Os Sertões. As such, this work stands as Euclides da Cunha portrayed an inlander and their peculiar customs, shaping Antônio Conselheiro in view of this, a literary and historical character.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3302
Aparece nas coleções:CT - Literatura Brasileira e História Nacional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_LBHN_IX_2013_1_01.pdf574,7 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.