Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3306
Título: A ficção como instrumento de resistência ao Regime Militar: um estudo do conto “Os caranguejos” presente no livro 7 de amor e violência (1965)
Autor(es): Oliveira, Bruna Estevão Costa
Orientador(es): Pereira, Maurini de Souza Alves
Palavras-chave: Ditadura na literatura
7 de amor e violência - Análise
Literatura brasileira - Paraná
Dictatorship in literature
7 de amor e violência - Analysis
Brazilian literature - Paraná
Data do documento: 2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: OLIVEIRA, Bruna Estevão Costa. A ficção como instrumento de resistência ao Regime Militar: um estudo do conto “Os caranguejos” presente no livro 7 de amor e violência (1965). 2014. 31 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.
Resumo: O estudo que segue tem por objeto de pesquisa a resistência ao Regime Militar brasileiro (1964-1985), através da literatura paranaense. Como fonte principal, propõe-se a análise do conto “Os caranguejos”, de Sylvio Back, presente no livro de contos “7 de amor e violência”, publicado em março de 1965, em Curitiba, e recolhido das bancas pelo DOPS em junho do mesmo ano. O objetivo é, através da análise do conto, identificar elementos do texto que aludam ao contexto em que ele foi escrito e compreender como estes elementos tornaram o texto subversivo aos olhos da DOPS. Além disso, a pesquisa também intenciona contribuir para a lacuna existente nos estudos acerca da literatura de resistência no período do recém-golpe de 1964.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3306
Aparece nas coleções:CT - Literatura Brasileira e História Nacional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_LBHN_IX_2013_05.pdf384,48 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.