Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3543
Título: Impacto financeiro na previdência social no Paraná em 2011 devido à concessão de benefícios acidentários
Autor(es): Pavei, Tayssa Maria Bocalon
Orientador(es): Matoski, Adalberto
Palavras-chave: Acidentes de trabalho
Acidentes de trabalho - Estatísticas
Industrial accidents
Industrial acidentes - Statistics
Data do documento: 14-Abr-2014
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Curitiba
Referência: PAVEI, Tayssa Maria Bocalon. Impacto financeiro na previdência social no Paraná em 2011 devido à concessão de benefícios acidentários. 2014. 56 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014.
Resumo: Este trabalho tratou de apresentar o quantitativo de acidentes de trabalho e seu impacto financeiro na Previdência Social no estado do Paraná em 2011 em 83 divisões de CNAE. Além disso, fez um comparativo especial da quantidade de acidentes de trabalho entre o setor da Construção Civil e os demais, visto a disseminação de ser esse o setor que mais apresenta acidentes de trabalho. A pesquisa foi realizada utilizando-se os dados do Ministério da Previdência e Assistência Social, divulgados anualmente nos Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho e Anuário Estatístico da Previdência Social. Esses anuários apresentam dados sobre acidentes de trabalho, os setores de atividades econômicas e a localização geográfica de ocorrência dos eventos, e a partir desses dados foram realizados os comparativos entre os setores econômicos. Foram enfatizados 10 agrupamentos de divisões da CNAE que juntas representaram 63,2% dos benefícios acidentários concedidos no Paraná em 2011. Esses 10 setores foram escolhidos baseado nos critérios de maior quantidade total de acidentes de trabalho no ano e de maior incidência de acidentes de trabalho no mesmo período. A partir das informações obtidas nos resultados, foi identificado que o setor dos Correios apresenta maior incidência de acidentes de trabalho e o setor do Comércio Atacado e Varejo apresenta maior gasto público com a concessão de benefícios acidentários. Identificou-se também, que o setor da Construção Civil não apresenta a maior incidência de acidentes de trabalho nas condições analisadas.
Abstract: This paper tried to present the quantity of labor accidents and their financial impact on Social Security in the state of Paraná in 2011 in 83 divisions of CNAE. Moreover, a special comparison of the amount of accidents between the construction industry and others, since this sector has the major number of labor accidents. The survey was conducted using data from the Ministry of Social Security, published annually in the Labor Accident Statistical Yearbook and Social Security Statistical Yearbook. These Yearbooks present data on accidents at work, the sectors of economic activities and geographical location of occurrence of events, and from these comparative data across economic sectors were performed. Were emphasized 10 sectors of divisions of CNAE that together represented 63.2 % of labor accident benefits granted in Paraná in 2011. These 10 sectors were chosen based on the criteria of highest total number of labor accidents in the year and major incidence of accidents over the same period. From the information obtained in the results, was identified that the Post Office is the sector with the highest incidence of labor accidents and the Trade, Wholesale and Retail has greater public spending on the grant of accident benefits. It was also identified that the construction industry does not have a greater incidence of accidents at work under the conditions studied.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/3543
Aparece nas coleções:CT - Engenharia de Segurança do Trabalho

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CT_CEEST_XXVIII_2014_31.pdf1,03 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.