Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4314
Título: Influência do capital na proposta de currículo emancipatório
Autor(es): Conceição, Evandro Franco da
Orientador(es): Santos, Ricardo dos
Palavras-chave: Currículos
Sistemas de ensino
Pedagogia crítica
Educação - Estudo e ensino
Education - Curricula
Instructional systems
Critical pedagogy
Education - Study and teaching
Data do documento: 13-Dez-2013
Editor: Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus: Medianeira
Referência: CONCEIÇÃO, Evandro Franco da. Influência do capital na proposta de currículo emancipatório. 2013. 39 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2013.
Resumo: A presente monografia faz parte do trabalho de conclusão de curso da Especialização em Educação: Métodos e Técnicas de Ensino. Este trabalho objetivou contextualizar o universo do capital, o currículo, a pedagogia tecnicista e a pedagogia crítico-social, assuntos associados à proposta educacional, discutindo-os através das teorias de diversos autores. Inicialmente, observou-se como o capital pode influenciar a educação e como esta tem sido um instrumento dos interesses do mercado, de políticos e demais detentores do poder, comportando-se assim como um negócio. Por sua vez, compreendeu-se que o currículo como documento que promulga a proposta educacional, quando posto em ação, expressa uma função a ser trabalhada ao longo de um ciclo determinado que é organizado por agentes e suas vontades. Na sequência, são apresentadas as características gerais das pedagogias tecnicista e crítico-social, suas metodologias, avaliações, conteúdos, interações aluno/professor/sociedade e como ambas podem influenciar na formação de um modelo de sociedade. Embasada na teoria behaviorista, o principal interesse da tendência tecnicista - que tem como verdade absoluta a neutralidade científica e a transposição dos acontecimentos naturais à sociedade - é atender às necessidades da sociedade capitalista. Em contrapartida, a pedagogia crítico-social enfatiza o ensino através dos conteúdos construídos ao longo da história da humanidade (conhecimento popular) juntamente com os conteúdos científicos (conhecimento científico). Ambos conhecimentos são defrontados com a realidade social em que o educando está inserido, uma vez que não há verdade absoluta e que o sujeito é considerado capaz de superar a alienação quando considera sua realidade social. Esta pedagogia foi fundamentada no materialismo histórico dialético e preocupa-se com os problemas educacionais oriundos da exploração do homem pelo homem. Por fim, concluiu-se que é necessária a busca por uma educação crítica que rompa com a lógica do capital e da mídia e que reflita a atual situação da sociedade em sua interação indivíduo/indivíduo e indivíduo/natureza e proponha uma mudança para o fim da marginalização.
Abstract: The present study belongs to the course conclusion work on Especialization in Education: Methods and Tecniques of Teaching. This paper aimed to contextualize the universe of capital, the curriculum, the technicist pedagogy and the pedagogy critical-social, subjects associated to the educational proposal discussing them trough theories of several authors. At first, it was noted how capital can influence the education and how it has been an instrument of market interests, politicians and others in power, behaving like a business. In turn, the curriculum was presented as the document which promulgates the educacional proposal which when it is put into action express a function to be worked over a determinated cycle which is organized by agents and their wills. Following, general characteristics of technical and critical social pedagogies, methodologies, reviews, content, student/teacher/society interactions are presented and also how both can influence the formation of a society model. Grounded in behavioral theory, the main interest of technicist tendency - which has the scientific neutrality and implementation of natural events to society as the absolute truth - is to meet the needs of capitalist society.On the other hand, the critical-social pedagogy emphasizes the teaching of the content built throughout the history of humanity (folk knowledge) along with the scientific content (scientific knowledge). Both knowledges are confronted with the social reality in which the student is inserted, since there is no absolute truth and the subject is considered capable of overcoming the alienation when considering their social reality. This pedadogy was based on dialectical and historical materialism and it is concerned with educational problems arising from the exploitation of man by man. Finally, it was concluded that the search for a critical education to break with the logic of capital and the media and which reflects the current state of society in their individual/ individual and individual/nature interaction and which propose a change to end marginalization.
URI: http://repositorio.roca.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/4314
Aparece nas coleções:MD - Educação: Métodos e Técnicas de Ensino

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MD_EDUMTE_2014_2_35.pdf270,16 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.